Sessão Pipoca em casa: Shinobi...A Batalha



Sinopse: A trama gira em torno do ódio dos clãs Iga e Kouga, que já perdura vários anos. Inicialmente existe um acordo de paz entre os clãs que impede que uma guerra sangrenta se inicie. Em uma tentativa de consolidar seu reino, ele deliberadamente alimenta a rivalidade existente entre eles e convida ambos os clãs à selecionarem seus cinco mais habilidosos guerreiros para enfrentarem-se em uma espécie de competição até a morte. Designados para liderarem seus respectivos clãs nesta batalha, Kouga Gennosuke (Joe Odagiri) e Oboro (Yukie Nakama), os quais são apaixonados e acabaram de casarem-se em segredo, são forçados à erguerem armas um contra o outro, sendo vítimas desta manobra política. Sendo assim, eles devem fazer uma difícil escolha.



Lembro até hoje que eu no auge os meus 17 anos, tinha acabado de assistir o anime Basilisk e fiquei ensandecida ao saber que tinha um filme. Na época eu só achei o filme como áudio original e com legendas em inglês, e a minha vontade e assistir o filme era tanta que eu entrei em um curso intensivo de inglês e duas semanas depois estava lindamente assistindo o filme ( ter um objetivo é tudo).
Shinobi é um daqueles filmes com um elenco gigantesco e que você não consegue lembrar o nome de todos os personagens quase nunca, como era de se esperar a história era bem diferente do anime e provavelmente diferente do romance.

O foco mesmo é a história de amor trágica entre Gennosuke e Oboro que são os futuros líderes dos clãs, alguns personagens estão em clãs diferentes dos que estavam nos animes, e vemos a Oboro com uma personalidade muito mais forte do que a Oboro do anime.
Se fosse pra qualificar o nível e violência, eu diria sem sombra de dúvidas que o anime é muito mais violento em todos os níveis, porém o final do filme realmente me comoveu e me levou às lágrimas.
O momento final é o confronto entre Oboro e Gennosuke, no qual um tenta usar a técnica ocular no outro e finaliza com Oboro o matando em meio a lágrimas dos dois ela promete proteger a aldeia de ambos os clãs.
Uma das cenas mais comoventes do filme é quando Oboro vai até o imperador implorar para que cesse os ataques às aldeias e o mesmo lhe diz que não pode fazer isso enquanto ela tiver aqueles olhos, em um ato comovente Oboro fura os próprios olhos ficando cega, e conseguindo a paz que prometeu ao seu amado. 

No final do filme podemos ver Oboro próximo ao mesmo rio em que ela se encontrava no Gennosuke, ele aparece pra ela, dando entender ela morreu e que finalmente eles ficaram juntos.
Concluindo, é um filme que vale a pena ser assistido, as cenas de lutas e os efeitos especiais são muito bem feitas, é como se fosse uma versão de Romeu e Julieta só que no mundo shinobi.

Fico por aqui, beijos e até a próxima. 

Trailer: 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Seu Blog Aqui - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo