domingo, 12 de fevereiro de 2017

Sanam Teri Kasam


O que posso dizer sobre esse filme?
Apenas uma coisa, que filme maravilhoso é esse.
Eu tenho um vicio em filmes indianos desde que vi um a tempo onde tinha dança, para vocês terem uma ideia... Eu comecei a Indiana quando conheci a cultura Coreana.
Achei a Cultura Indiana bem interessante pelo fato de que todos os filmes deles tem danças e isso é algo a parte e os cenários, então? Meu Deus, eu simplesmente babava quando via, mais ai conheci o Sanam Teri Kasam e foi amor a primeira vista.
Ok foi mesmo amor a primeira visto pelo Inder que com suas tatuagens e aquele corpinho de quem acabou de sair da academia.


                                                                        Olha esse corpinho, gente! Só sei que agora to atrás de filmes onde ele fica sem camisa
Mais vamos falar um pouco sobre o filme.
Tudo começa com Inder saindo do tribunal depois de ganhar mais uma vez e vai até sua casa e lá ele pega uma garrafa de vinho e vai até o jardim onde tem uma arvore florida onde tem escrito o nome de uma moça...
E ai enquanto ele esta ali voltamos no tempo junto com o Inder para poder conhecer a jovem que o conquistou antes dele saber, eu gostei dessa temática porque a Saru é uma jovem sem muita beleza (Mais tem uma beleza interior bem grande) e ela aos poucos vai conquistando aquele homem amargurado com o passado.
Mais me deixe avisa-los essa historia de amor é trágica o titulo já diz tudo.... Uma história de amor selada com uma maldição.


Inder  é o vizinho de Saru e sua família(Lembrou um livro agora!) que mora no andar de baixo e num dia Saru e sua família estão esperando um pretendente mais esse dá um bolo neles e faz com que Saru se sinta culpada por fazer com que a irmã não se case com o namorado, já que Saru é a mais velha e na Índia a tradição é que a mais velha tem que casar antes.
E magoada pelo fato de ser um fardo para família Saru vai para o trabalho e lá ela encontra o nosso lindo e belo VIZINHO INDER com suas tatuagens e seu tanquinho de lavar roupa e ela não se sente atraída por ele mais por causa de um mal entendido Saru é digamos expulsa de casa por seu pai e vai morar num flat e ai começa a nossa verdadeira historia de amor e tragédia.
Serio pessoal eu chorei em duas cenas.

A primeira foi a cena do Porta Retrato e do falso velório...Que maldade foi aquela até eu me senti mau quando vi aquela cena.

E a do hospital... Essa sim é destruidora.

E as musicas, jesus é uma mais linda que a outra.

Trailer Internacional:

                                                                    

Nenhum comentário :

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...