Frases do momento ou do dia: Química perfeita-Simone Elkeles- 1 parte


 

 Bem, como ontem eu falei um pouco sobre o livro Química perfeita.
Hoje irei colocar algumas frases do livro aqui.
Para mim, essas frases são simplesmente algo que fica na cabeça.

 
“me esforcei muito para manter as aparências, para ser “perfeita” em todos os sentidos. Se soubessem da real, minha imagem iria por água abaixo.”

“Mano, as pessoas sempre vão pensar assim, de qualquer jeito. Se eu quero, ou não, tanto faz.”

“Minha história me define”.

“— A distância torna a paixão mais intensa”.

“Que oração se deve rezar, no momento em que a gente sabe que vai morrer”?

“— Pois vou lhe contar uma coisa, otária: sua vida não é real, é falsa... Assim como você.”

“Para mim, a questão não é entrar na faculdade. A questão é provar que eu poderia entrar... Se meu mundo fosse diferente.”

“Aprendi, há muito tempo, que o meu lado não importa”.

“Seria bom se Deus desse a cada pessoa um Do Over Day: um dia para corrigir o que está errado, para reviver o que é bom. E então a gente poderia gritar: “Recomeçando!” E um novo dia teria início.”

“— Ficar perto do fogo, niña, não significa, necessariamente, que você vai se queimar”.

“Não, nós nunca seremos amigas... Mas posso dizer, também, que nunca seremos inimigas.”

“Não é nada fácil chegar numa casa desconhecida, sem saber ao certo o que fazer”.

“Quero que ele diga que sentiu minha falta. Que sou a garota dos seus sonhos.”

“— Estou pronto para essa viagem de adrenalina... com você.”

“— Há uma fina linha divisória entre o amor e o ódio. Talvez você esteja confundindo essas duas emoções.”

“— Então você quer ser único, Alex? Pois muito bem, é simples: não caia fora... Termine o curso e entre numa universidade.”

“-Não deixe que sua vida fora do colégio decida o seu futuro.”

“Em Fairfield, as coisas são assim: o lugar onde você nasceu define quem você é (Eu: Acho que em todo o lugar).”

“Mas algum dia minha sorte vai ser obrigada a me abandonar.”

“— Aprendi a não ligar a mínima — eu digo. — E também não estou ligando, agora.”

“Se entro numa briga com garra e confiança, sem pensar nas consequências, eu ganho. Se penso muito sobre isso, é minha perdição.”

“Mas quanto a isso não existe a menor chance, porque escondo de todo mundo o meu verdadeiro eu”.

“— Claro que estou sujeita a erros, como todo mundo.”

“Preciso manter as coisas desse modo, pois se perder o controle sobre todos os aspectos de minha vida, acabarei virando um fantoche”.

“Tenho medo do que ele poderia fazer, caso se soltasse”.

“— Você está preocupada com sua reputação... Bem, para que serve uma reputação, se você não puder arruiná-la, de vez em quando?”

“Pois chegará um tempo em que não estarei por perto, para ajudá-la. E isso me assusta.”

“E quando os lábios de Chocolate encontram os meus, não quero mais nada, a não ser apagar o Azul da minha memória... Mesmo que eu me lembre que o Chocolate pode ser bem amargo.”

“Penso que, de algum modo, sou eu quem precisa ser salvo, porque sinto que estou me afogando nessa garota”.

“E eu me sinto preso, capturado numa armadilha”.

“Mas estar disposta a se expor a erros, colocando-se numa posição vulnerável, com a pessoa amada, é o que torna tudo tão belo e especial”.

“Será que sou capaz de amar alguém, a ponto de me expor e me tornar vulnerável? Realmente, não sei.”

“Não o use... Nem deixe que ele use você.”

“— Fazer amor significa muito, para mim — eu digo.”

“Devo contar a Alex que não estou com medo de me machucar e sim de perder o controle”?
 
“E sinto que ela precisa de alguém para ser seu campeão, seu herói, na vida. Certamente esse herói não é Colin... Nem eu, tampouco.”

“não importa o quanto você queira essa menina, em sua vida... Ela não vai pertencer a você. Um triângulo não se ajusta a um quadrado.”

“Mas se um quadrado for suficientemente grande, um triângulo pequeno pode muito bem caber dentro dele. Tudo o que se precisa fazer são alguns pequenos ajustes, na equação.”

 “E, nas condições em que me encontro, pensar é doloroso demais”.

“— Bem, eu até queria que você fosse mesmo a vadia que algumas pessoas dizem que é...

— Por quê?

— Porque seria mais fácil detestar você.”

“Você faz o jogo das aparências, assim como eu. Você usa seu visual, o corpo e o cérebro, para se garantir, para manter o controle da situação.”

“Ser verdadeira? Não posso... Pois começaria a chorar, ou talvez pirasse o suficiente para deixar escapar a verdade: que criei uma imagem de perfeição, para me esconder atrás dela...”.

“Ela guarda segredos... que parece ansiosa por compartilhar. Pois está na cara que esses segredos a estão sufocando. Nossa... Ela é um mistério que preciso desvendar.”
 
“Esperam que eu seja durão, o suficiente para não me importar... Mas acontece que me importo.”

“Às vezes minha vida parece uma grande farsa”.

“Meu coração começa a derreter, porque já faz muito tempo que ninguém se preocupa comigo, não o suficiente para querer me ajudar”.

 “— Não faça perguntas, a não ser que você esteja pronta para ouvir as respostas”...

“— Se eu pensar demais no assunto, se deixar que isso me pegue, vou me sentir de novo como no dia em que meu pai morreu. E não quero que isso aconteça. Nunca mais. Então, é melhor esquecer e levar a vida sem me importar com nada.”

“Você não pode se programar, não pode se obrigar a ser assim.”

“— Somos atores, na vida, Brittany, fingindo ser o que queremos que as pessoas pensem que somos”.

“Quero, da vida, as mesmas coisas que você — eu admito. — Apenas, vou por outro caminho. Você se adapta ao seu ambiente e eu ao meu.”

 “Minha vida está totalmente fora de controle”.

 “— Se ela entrar pela porta da frente, saio pela porta dos fundos.”

 

 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

© Seu Blog Aqui - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Renata Massa | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo